Blog Contábil

Fórum Contadores.cnt.br

O fórum tem como objetivo unir a classe contábil, buscando por ela alimentar o fórum com informações, dúvidas, pedidos. Assim, criando um banco de dados útil para os contadores criados por eles mesmo.

No fórum encontra-se diversas categorias para debates, entreterimento, dúvidas, download de softwares e pedidos de softwares, boletim do Guia dos Contadores…

Por fim, usem e abusem dessa ferramenta que foi desenvolvido especialmente a classe contábil.
(www.contadores.cnt.br/forum)

24 respostas para Fórum Contadores.cnt.br

  1. Hugo says:

    ótimo o tema do blog.
    Sou contador e uso um sistema para me auxiliar em minhas auditorias contábeis: AUDITORIA SINTEGRA . Recomendo !

    Abraco a todos

  2. williams says:

    Bom dia, gostaria de saber a opinião dos contadores sobre como a nova tecnologia (Nfe, livros eletrônicos e etc.) vem modificando a contabilidade, e qual o impacto sentido no dia dia, as opiniões servirão como base para uma pesquisa sobre o impacto da TI no perfil do novo contador.
    Desde já agradeço a todos que puderem contribuir com a pesquisa
    Williams Alves Novais
    4º período de contabilidade Faculdade Católica Nossa Senhora das Neves-Natal/RN

  3. Tiago says:

    Bom dia.

    Passei minha empresa para simples, com a intenção de pagar menos impostos 6%. mas o calculo que o contador fez deu +- 19%. Ele fez o calculo em cima no anexo 5. Segundo alguns conhecidos o calculo pode ser feito em cima do anexo 3. O ramo de atividade da empresa é “Desenvolvimento de programas de computador sob encomenda”. Gostaria de saber se o calculo do imposto pode ser feito em cima do anexo 3, que daria 6%.

    obrigado.

  4. Jocione says:

    olá. estou cursando Técnico de contabilidade, tenho termio agora em Setembro 2010, pretendo trabalhar com um escritório contabil em casa, alguém tem alguma dica quanto a isso? Pois como já tenho um emprego fixo como administração de uma empresa aqui a cidade, gostaria de começar aos poucos com esta atividade ´pois os nossos serviços de escrituração são feito por outro contador… e não tenho nem noção de como assumir a responsabilidade da mesma empresa em que trabalho como contadora dela, apesar de que já recebir esta proposta. Quais o Passo a passo no meu caso para trabahar como pretendo como um contador de empresa particular e como contador em escritorio individual? e as minhas primeiras atividades como serão? a primeira abertura de firma etc…

    Jocione Nascimento.
    estudante de Administração 2°eriodo e Técnico de Contabilidade Ultimo Pèriodo.
    para mais se caso queira me ajudar em minhas duvidas poderia adc. rebecacosta2@hotmail.com

    Desde já Grata.

  5. RICARDO says:

    Boa tarde, tenho um escritorio de contabilidade e estou comprando mais um. Gostaria de saber se realmente é um bom negócio comprar outro escritório, uma vez que, os clientes do outro escritorio podem não ficar comigo.

  6. francisco says:

    Poderiam me confirma se todos as pessoas fisica nao pagam st por serem consumidor final mesmo comprando de uma industria

  7. Bónus Poker says:

    Bonito blog, embora não estou em sintonia com algumas coisas que escreveste mas em aspecto geral até tens um bom ponto de vista!

  8. Nicolas says:

    Bom dia

    Pessoal, talvéz tenha alguém que possa me da uma orientação. Sou contador formado e trabalho a 6 anos em uma controladoria de uma multinacional.

    Minha irmã é formada em gestão de Rh, e tem grande experiência em todos os processos de Rh já que trabalha na área a 9 anos. Juntos abrimos um escritório contabil aqui em curitiba. Bom, o fato é que tudo no começo é dificil, gostaria de trocar experiências .. alguém que já tenha seu escritório pode trocar experiência de como conseguir nossos primeiros clientes ? que tipo de marketing funciona de forma mais eficaz para chegarmos a eles?

  9. marcossnv@yahoo.com.br says:

    Boa tarde
    Eu gostaria de saber o que seria mais importante: contrato social, alteração contratual e distrato?
    Se alguem puder me esclarecer, fico mui grato
    Grato
    Marcos

  10. Lilian says:

    Olá, Bom Dia!! Gostaria muito de uma resposta de voces que valerá pra mim como incentivo “ou não”. Terminei o curso técnico em contabilidade este ano, e pretendo montar meu escritório, trabalho a 5 anos em um escritório contábil, basicamente com classificação e conciliação das contas , Gias, planilhas em excell, tenho pleno dominio dessas funções, embora ainda tenha muito que aprender. Gostaria que alguém me contasse como começou, qual o conhecimento que tinham no inicio, quais as dificuldades que enfrentaram e se conseguiram superar. Procuro estar sempre fazendo cursos, mas percebo que aqui onde trabalho há muitas artimanhas para se fechar a contabilidade das empresas e isso faz com que dificulte meu aprendizado. Alguém pode me dar um conselho, será q posso meter as caras e abrir meu escritorio ? sou dinamica e prática e aprendo rápido.

  11. Paulo Sérgio Corrêa says:

    Boa noite. Minha pessoa jurídica tem um recurso voluntário na Receita Federal desde 2004 envolvendo a não entrega de DCTFs dentro do prazo. Esse recurso está no Conselho de Contribuintes há muito tempo. Se ele for indeferido e eu tiver mesmo de pagar as multas, os valores dessas multas serão reajustados até a data do pagamento ou não? Obrigado.

  12. BENJAMIM DE CASTRO says:

    Ola, companheiros.

    Para quem está iniciando na Profissão de Contabilista, boa sorte.
    É uma Profissão Gratificante, muito embora um tanto espinhosa.
    Eu comecei em 1966, quando ainda tudo era manual: Livros Fiscais, Diários, Razão, Balancetes, Balanços e Demontrativo de Lucros & Perdas. Hoje a informática ajuda bastante. Sou Auditor Fiscal Aposentado. Valeu a pena.
    Abraços. Benjamim. Curitiba-Pr.

  13. PAULO DE SOUZA says:

    por motivo de aposentadoria estou vendendo meu escritorio na cidade de Gravatai/RS. Quem intereçar entre em contato comigo comercial@contabilidadeconfianca.cnt.br paulo de souza

  14. Marcelo says:

    Boa tarde alguém pode me esclarescer oque ocorre quando a empresa emite um nota fiscal eletronica de saida de produto a um cliente pessoa juridica e esté cliente não da entrada na nota ou se a nota se perde e a empresa não cancela. que pode acaretar para a empresa??

  15. helio junior says:

    GOSTARIA SABER SE ALGUM DE VOCES TEM MODELO DE HOLERIT EM EXCEL OU EM WORD, AGRADEÇO.

  16. ANDRE LUIS says:

    Contabilistas, vamos apoiar essa iniciativa, tendo em vista a formação de uma nova careira na Administração Pública Federal, um grande abraço:
    SENHORES CONTABILISTAS,
    O CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DO DISTRITO FEDERAL, VEM COMUNICAR A TODOS OS PROFISSIONAIS QUE ATUAM NO SETOR PUBLICO QUE O GRUPO DE TRABALHO CONSTITUIDO NESTE CRC CONCLUIU A PROPOSTA DE MEDIDA PROVISORIA PARA CRIACAO DA CARREIRA DE CONTABILISTA DO SISTEMA DE CONTABILIDADE FEDERAL, NO AMBITO DO PODER EXECUTIVO.

    ESTE PROJETO, QUE AGORA VIMOS APRESENTAR A TODA A CLASSE CONTABIL BRASILEIRA, É UMA INICIATIVA QUE TRARÁ BENEFÍCIOS NÃO APENAS NO AMBITO FEDERAL, MAS SERÁ MOLA PROPULSORA PARA OUTRAS ACOES DE MESMA NATUREZA, NOS ESTADOS E MUNICIPIOS.

    DIVULGAMOS ESTA MENSAGEM COM O INTUITO DE COLETAR ASSINATURAS PARA APOIO AA PROPOSTA. ASSIM, SEU ENGAJAMENTO E FUNDAMENTAL PARA QUE NOSSO OBJETIVO SEJA ALCANCADO.

    PARA FAZER SUA ASSINATURA, ACESSE O SITIO ELETRONICO NO CRCDF:
    http://WWW.CRCDF.ORG.BR E CLIQUE EM VISUALIZAR LISTA DE APOIO À MEDIDA PROVISORIA. APOS PREENCHER OS DADOS, SALVE O ARQUIVO ANTES DE ENVIAR PARA O EMAIL: CRCDF1@CRCDF.ORG.BR

    OS DADOS SOLICITADOS E OUTRAS ORIENTACOES, INCLUSIVE A INTEGRA DA MINU TA DA MEDIDA PROVISORIA, ESTAO DISPONIVEIS NO SITE: http://WWW.CRCDF.ORG.BR

    SOLICITAMOS QUE OS DADOS DEVERAO SER ENVIADOS ATE O DIA 14.09.2012.

    CONTAMOS COM O APOIO DE TODOS!

    CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DO DF
    http://www.crcdf.org.br/crcdf/index.php?option=com_content&view=article&id=250:medida-provisoria-carreira-de-contabilista-no-sistema-de-contabilidade-federal&catid=1:destaque

  17. cristiane says:

    Contabilidade Digital, a Mudança de um Paradigma

    *Paulo peixoto da dbconn tecnologia

    No universo contábil, ainda não são muitos aqueles que tiveram a exata ciência das mudanças que o Fisco elaborou com o Projeto SPED e os sub-projetos como EFD, ECF, NF-e, CT-e, etc…

    O formato que conhecemos da contabilidade atualmente mudou, e mudou para melhor. O Papel, responsável pela falta do espaço e aparente desorganização nas mesas de administradores, advogados e principalmente contadores está com seus dias contados. Em todos os setores podemos observar a evolução da tecnologia, eliminando todo e qualquer rastro do papel, e com o setor contábil não poderia ser diferente. Com a implantação do projeto SPED as Notas são eletrônicas, os Livros Diários, Balancetes e Balanços são digitais, as autenticações de livros são virtuais e por aí vai…

    É fato de que, a forma de se contabilizar toda esta informação não poderia permanecer a mesma, já que toda informação é gerada magneticamente (em forma de arquivos) também deve ser contabilizada de forma magnética. Mesmo assim escritórios e equipes contábeis ainda promovem um grande esforço para digitar nota a nota, cupom a cupom, item a item de um cliente varejista que vende algo em torno de 3.000 itens por mês. Não percebe que o tal arquivo MFD exigido pelo estado (1) pode ser importado para o módulo fiscal de vários sistemas de contabilidade. Isso vale para Notas Fiscais Eletrônicas de Entrada, Saída, Serviços, Conhecimento de Transporte, e muitos outros tipos de arquivos… As empresas de software contábil estão antenadas a estas mudanças, pois é através de módulos de importação que será possível reaproveitar toda esta informação.

    Equívocos existem pela falta da nova visão e devem ser corrigidos o mais breve possível. Por exemplo: a contabilização de um DANFE. Como o próprio nome diz, o Documento Auxiliar da Nota Fiscal Eletrônica não passa de um papel para ser visto por barreiras policiais e permitir o trânsito de uma determinada mercadoria. O cliente acostumado com o famigerado papel, ator principal da cena de compra e venda é enviado ao contador, que por sua vez contabiliza aquele DANFE sem saber que pode estar sendo co-responsável em enganar o fisco, pois uma simples folha de papel A4 não tem segurança de autenticidade nenhuma a não ser o código de 44 dígitos que deve ser consultado no site da RFB, mas quem em sã consciência validará 2.000 DANFE´s de um único cliente, checando lá todos os seus dados ?

    Talvez você não saiba mas existe uma cadeia de letras e números incompreensíveis a nossa visão em cada arquivo XML. Eles são responsáveis pela autenticidade do arquivo. Se você mudar uma virgula do endereço do remente já é o suficiente para invalidar o arquivo e determinar que as informações ali contidas não sejam confiáveis. Então pra quê checar DANFE a DANFE se ao importar o arquivo esta autenticidade já é verificada ? Em uma fiscalização o fiscal solicitará ao contribuinte os últimos 5 anos dos arquivos e não dos DANFE´s. Por isso a guarda eficiente destes preciosos arquivos pouparão uma enorme dor de cabeça no futuro. Também tem passado desapercebido a importância de solicitar ao fornecedor o arquivo XML. O fiscal com certeza vai pedir as notas de entrada para confrontar com o inventário. Nem pense em entregar a ele aquela caixa box cheia de DANFE´s, depois de ler este artigo, imagine só o que ele vai fazer.

    * Paulo Peixoto é Formado em Analise de Sistemas pela Universidade Estácio de Sá. Diretor de Tecnologia na Dbconn Tecnologia e pesquisador em assuntos relacionados ao SPED. Palestrante do Projeto Consciência SPED, criado pela DBConn, leva a empresários e contadores a as mudanças que estão ocorrendo no universo contábil.

    tel : 33572347 ou 27928988

  18. Boa tarde Barbara,
    Esse não é o melhor local para divulgação de vagas, entre em nosso porta http://www.contadores.cnt.br, na lateral esquerda

  19. Roberta Oliveira says:

    Boa tarde,

    Gostaria de saber quais os estados que tem convenio de icms com MG, ou quais sites onde posso encontra-los

  20. JOSEANE says:

    Gostaria de saber se a conta do grupo 5 do plano de conta e partida credora ou devedora…obrigado a todos que contriruir

  21. Elaine says:

    Boa tarde
    Estou precisando de ajuda, montei um pequena loja de calçados no estado de sp. Faço compras mensais para o estoque e os pagamentos dessas faturas superam os valores de venda do mês, meu contador disse que eu devo tirar notas, como se eu tivesse vendido as mercadorias, para que as vendas superem os gastos, isso está correto? Qual a melhor forma de fazer o pagamento de impostos sem “inventar” vendas?

  22. Rosana Cunha Espin Graciano says:

    estou montando uma loja de armarinhos e tenho uma duvida qual o melhor iniciar como MEI ou abrir uma micro empresa, qual a mais vantajosa, e quais os primeiros passos para a abertura da empresa os documentos necessários.

  23. Caroline Vasquez says:

    Boa tarde, companheiros!!

    Estou precisando urgentemente um artigo publicado no Boletim IOB.Porém, não possuo cadastro no site. Alguém poderia me ajudar enviando este artigo?

    COSTA JUNIOR, J. V. . Instrumentos Derivativos: A Revolucionária Contabilidade para o Risco. Boletim IOB Comenta n. 30/2002, 2002.

    Muito obrigada!!!
    Caroline

  24. Olá A Todos ! Sou contabilista e tenho acompanhado o blog. Muito interessante. Parabéns

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>