Blog Contábil

A verdade contábil

Por: Paulo Caetano

Mais de 400 mil profissionais da contabilidade atuam hoje no Brasil, respondendo pelas informações econômicas, financeiras e patrimoniais de milhões de empresas e milhares de órgãos públicos.

O desempenho de uma empresa depende basicamente da apuração correta das informações contábeis e de como elas são utilizadas. Sem uma contabilidade bem feita, é impossível ter controle sobre os recursos, planejar, estabelecer metas, crescer, conter gastos, corrigir rumos.

Para chegar a esse ponto, a evolução da contabilidade foi impressionante. Estamos hoje em plena era digital, sendo expressão dessa realidade o Sistema Público de Escrituração Digital, que compreende Escrituração Contábil Digital, Escrituração Fiscal Digital, Nota Fiscal Eletrônica, entre outras novidades que o Fisco brasileiro vem apresentando, anunciando o fim da contabilidade em papel e a inserção das informações contábeis em rede.

Semelhantes inovações estão na pauta do plano que o governo Barack Obama vem defendendo, na linha das reformas propostas, para prevenir crises, a exemplo da que explodiu há pouco nos Estados e se espalhou pelo mundo, promovendo muito prejuízo.

Infelizmente, a contabilidade não tem sido plenamente utilizada, tamanha é a insegurança e tantos são ainda os casos de corrupção, fraude, manipulação de dados.

A ciência porém, está aí à disposição. Ela pode imprimir um regime histórico de moralidade e racionalidade no interior das organizações e reino dos capitais e benefícios que eles podem promover.

É por isso que o Conselho de Contabilidade fiscaliza o exercício da profissão. Justamente para que a sociedade possa contar com melhores serviços e profissionais comprometidos com a ética e o desenvolvimento econômico e social.

Outra conclusão é que a própria sociedade pode usufruir dos avanços da ciência contábil e das tecnologias, cobrando sistemas mais abrangentes e eficientes de acompanhamento do que os gestores estão fazendo. Temos excelentes legislações nesse sentido, mas ainda estamos distantes da transparência real. É o que revela, por exemplo, a série de reportagens Diários Secretos sobre os desmandos da Assembléia Legislativa do Paraná na contratação e pagamento de pessoal. E a Casa já possui um Portal da Transparência na internet.

No estágio de democracia que atingimos e com os recursos existentes, os entes públicos têm mesmo que pôr tudo à mostra. Não basta tomar partido, escolher representantes, votar. É preciso fiscalizar o que fazem com os orçamentos.

Parabéns, contabilistas, pelo seu dia, 25 de abril, e por sua contribuição para que as informações econômicas, financeiras e patrimoniais dos milhões de empresas e milhares de órgãos públicos do país sejam verdadeiras.

Contador, empresário da contabilidade e presidente do CRCPR; e-mail: pcaetano@pcaetano.com.br

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>