Blog Contábil

Uma ação reflexiva sobre empresas e profissionais

Por: Elenito Elias da Costa

 Uma ação reflexiva sobre empresas e profissionais

“A palavra constante no sistema atual chama-se MUDANÇA e qualquer ato ou ação que a negligencie, pagará um preço elevado e insuportável, sem nenhuma clemência.”

O cenário de incerteza, volatilidade, oscilação e oportunidade, exigem uma maior reflexão dos empreendedores quando os mesmos realizam o seu planejamento estratégico sustentável, seja para o seu negócio, seja para o futuro profissional, pois sabemos de sua implicação na busca da sustentabilidade e continuidade de suas atividades.

É verossímil pensar sobre esse fato e se faz necessário a realização imediata de um DIAGNÓSTICO PESSOAL ou mesmoEMPRESARIAL, para que se possamos identificar os pontos fortes e fracos, para que em seguida se realiza as melhorias com foco na busca de resultados positivos, mas não podemos perder a visão das variáveis.

As variáveis intrínsecas e extrínsecas, dentre elas a inadimplência, os juros, o impacto dos tributos e encargos, a ausência da cultura de planejar, de transparência, de controles interno, representam fatores que podem inviabilizar economicamente qualquer futuro, quer seja de profissionais, quer seja de empresas.

Diante desse cenário existente, profissionais e empresas, devem ter em mente que a MUDANÇA é a única palavra constante em seu labor, e que sua CRIATIVIDADE deve está em perfeita ebulição a fim de identificar o time, ou seja, aOPORTUNIDADE necessária para realizar citadas melhorias, mas chamamos atenção da necessidade de suaCAPACITAÇÃO e QUALIFICAÇÃO profissional.

Os eventos esportivos que se aproximam representam uma grande oportunidade, mas precisa de uma base necessária para o seu atendimento, dentre ela podemos destacas diversas atividades lucrativas, mesmo com limitações impostas pelos promoters, mas é exeqüível.

No Nordeste do Brasil, essa oportunidade deve receber diversos investimentos, pois a criatividade do nordestino é um fato comprovado, mas deve se ajustar a outras variáveis necessárias.

Os profissionais de administração ou mesmo os estudantes, precisam ser orientados a buscar no aspecto prático o empreendimento que mais possa se adequar aos seus recursos em sentido latto, mas tanto professores como instituições devem ajudá-los a tomada de ações que visem o aproveitamento desses eventos de modalidade lícita e proba.

Os profissionais de turismo ou mesmo os estudantes, estando em seu território laboral precisam de apoio de professores e instituições para que possam demonstrar em sentido prático o seu valor, buscando identificar nesse momento tais evidências e sua viabilidade, sempre buscando interagir na margem da legalidade e procurando a sua viabilidade econômica.

Os profissionais de contabilidade ou mesmo os estudantes devem obter a leitura do momento e buscar a oportunidade de empreender em seu labor, seja na constituição de empresas e sua regularidade assim como o acompanhamento através das demonstrações contábeis e financeiras, sempre buscando a obediências aos preceitos legais, e formar junto aos demais profissionais e gestores forças que possam legitimas a viabilidade do empreendimento.

Devemos entender que a CONTABILIDADE é uma ciência que visa mensurar os fatos e atos derivativos da gestão empresarial, que tem como foco o estudo do patrimônio através da realização e análise das demonstrações contábeis e financeiras de uma determinada entidade, nessa seara temos a  CONTABILIDADE DE CUSTOS como elementos essencial para a transparência e o exímio controle internos dessas empresas, por outro lado temos a CONTROLADORIA, aAUDITORIA e a PERÍCIA como recursos para se adequar a normalidade e regularidade desses investimentos.

Não podemos deixar de registrar no âmbito da CONTABILIDADE a CONTABILIDADE TRIBUTÁRIA, CONTABILIDADE AVANÇADA, CONTABILIDADE INTERNACIONAL e CONTABILIDADE GOVERNAMENTAL, e demais, todas com características especiais que podem conceder ao profissional elemento essencial para o seu labor.

Atualmente um dos maiores agravos registrados pelo sistema é a existência de indébitos fiscais, onde tal fato poderá implicar no RISCO das empresas, mesmo sabendo dos fatos que podem alavancar citados empreendimentos.

Estamos cientes da sobrecarga de CUSTOS, DESPESAS e TRIBUTOS que implicam diariamente nos resultados positivos das empresas, mas devemos nos qualificar e se capacitar para conter esses agravos necessários, mesmo sabendo da dificuldade de contê-los, legalmente.

No Brasil o ano de 2013 é o ano da Contabilidade e mesmo assim não consigo visualizar órgãos, universidades, faculdades e similares com planejamento focado nessa temática, o que leva a crer que a pirotécnica de marketing não condiz com ações diretivas.

Temos exemplos na história e na atualidade de grupos de empresas que se descuidaram dos princípios, lisura e atividades probas refletidas nos demonstrativos contábeis e financeiros e mesmo assim não parecer haver mudança de atitudes de diversos gestores, o que nos leva a acreditar que haverá perca substancial de capital e investimentos, pois não conseguimos aprender com os exemplos clarividentes.

Devemos acreditar que o sistema existente não perdoa aquele que comete inépcia, negligência e imperícia principalmente no tocante a administrar, gerir e empreender sem uma sintonia racional com uma contabilidade devidamente acompanhada por profissionais competentes.

Autor: ELENITO ELIAS DA COSTA, contador, auditor, analista econômico e financeiro, professor universitário, escritor, ou seja, só um trabalhador.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>