Blog Contábil

Arquivos do blog

Os desafios de se adotarem as normas internacionais no Brasil

Vários são os desafios para tornar realidade a adoção das práticas contábeis

internacionais no Brasil.

 

 Vejamos alguns indicadores:

 

1.  Número representativo de profissionais da área contábil, aproximadamente

400 mil registrados.

2.  Grande extensão territorial.

3.  Falta uma centralização formal de emissores de normas contábeis – A maioria

dos órgãos reguladores tem previsão legal para emissão de normas contábeis

específicas para o seu segmento (BACEN, CVM, SUSEP, ANS, ANEEL,

ANATEL, SPC, etc.), além do Conselho Federal de Contabilidade

(responsável pela fiscalização e registro dos profissionais contadores e

contabilistas e empresas contábeis).

4.  Prevalência de pequenas e médias empresas.

5.  Normas internacionais em idioma estrangeiro.

 

 

Apesar das práticas contábeis adotadas no Brasil serem consideradas de boa qualidade, e

várias dessas práticas internacionais já estarem previstas nas normas brasileiras, o

processo de convergência às normas internacionais deve ser considerado como um tema

prioritário pelas empresas, profissionais e Governo.

 

A questão do idioma original das normas internacionais (inglês) é uma barreira

importante a ser ultrapassada. Veja item específico adiante.

   

A literatura nacional sobre as práticas contábeis internacionais ainda não atende à

demanda necessária para o processo de convergência. As faculdades de ciências

contábeis também deverão incluir em sua grade  curricular matéria voltada à prática

contábil internacional.

 

Necessário será desenvolver um programa extenso de disseminação do conhecimento,

visando um projeto consistente e razoavelmente célere de Convergência ao padrão

internacional.

 

As empresas, ao elaborar suas demonstrações contábeis usando práticas contábeis

diferentes das brasileiras (devido a terem seus papéis listados fora do Brasil, ou serem

requeridas a informar à Casa Matriz), têm  um significativo custo adicional, tendo de

investir vultosos recursos,  despender um lapso de tempo importante e se submeter a um

longo processo de adaptação para ter ao final seus dados contábeis e financeiros

traduzidos para o novo padrão. 

 

Ver Programa de Trabalho 2008 a 2010


Fonte : Comitê de Pronunciamentos Contábeis